Biografia de Bezerra de Menezes

Home/Biblioteca/Material para Estudo/Biografia de Bezerra de Menezes

BEZERRA DE MENEZES : cearense, de Riacho do Sangue, nasceu em 29 de agosto de 1831, tomando, na pia batismal, o nome de Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti. Seus pais, o capitão das antigas milícias e tenentecoronel da guarda nacional, Antônio Bezerra de Menezes, falecido em 1851, e D. Fabiana de Jesus Maria Bezerra, criaram-no nos mais severos princípios de dever e honra.

Em 1838 entrou para a escola pública da vila do Frade. Em 1842, sua família saiu da província do Ceará para a do Rio Grande do Norte,por motivos políticos.

Veio para o Rio de Janeiro em 1851 e doutorou-se em 1856 pela Faculdade de Medicina. Em 6 de Novembro de 1858, casou-se com D. Maria Cândida de Lacerda, que faleceu a 24 de Março de 1863, deixando-lhe dois filhos. Em 1860, depois de muito solicitado por seus inúmeros amigos e pessoas a quem atendera desinteressadamente, concordou em candidatar-se a CÂMARA MUNICIPAL do Rio de Janeiro. E assim, prosseguiu sua carreira política até 1855, tudo fazendo para engrandecer o Brasil.

Foi eleito presidente da Federação em 3 de Agosto de 1895 e logo cogitou imprimir uma orientação basilarmente evangélica aos trabalhos da Federação Espírita Brasileira. De todas as altas posições que ocupou, na vida pública brasileira, o que mais engrandece e dignifica Bezerra foi, porém, o trabalho extraordinário que realizou, silencioso e modesto, em favor dos pobres e desvalidos. Tão grande era o seu coração, na prática do bem, que o povo o cognominou – “Médico dos Pobres” . Viveu e morreu modestamente, distribuindo com os necessitados tudo que possuía.

Aos 11 de Abril de 1900, às onze e meia, desencarnava no Rio de Janeiro o Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, o inolvidável Apóstolo do Espiritismo no Brasil, o abolicionista inflamado, o antigo líder do Partido Liberal, o deputado em várias legislaturas e o presidente da Câmara Municipal da Corte. “ Bezerra desprendeu-se do orbe, tendo consolidado a sua missão para que a obra de Ismael pudesse ser livremente cultivada no século XX . E essa obra prossegue sempre. Podem as inquietações da Terra separar, muitas vezes, os trabalhadores humanos no seu terreno de ação; mas a Sociedade benemérita, onde se ergue a flâmula luminosa – DEUS, CRISTO E CARIDADE –
permanece no seu ponto de paz e esclarecimento.

(BIBLIOGRAFIA: GRANDES ESPÍRITAS DO BRASIL – AUTOR: ZÊUS WANTUIL – MONTAGEM PARA RESUMO)

Leave A Comment